UIA.RIO.2020: Como será o Congresso Mundial de Arquitetos no Rio de Janeiro


O Congresso Mundial de Arquitetura será realizado em 2020 no Rio de Janeiro. Mais de 15.000 arquitetos de todo o mundo são esperados no evento que é realizado pela União Internacional de Arquitetos (UIA) e pelo Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB).

A cidade do Rio ganhou a indicação para sediar o evento concorrendo com Paris, na França, e Melbourne, na Austrália. Será uma grande uma oportunidade para os arquitetos brasileiros restabelecerem sua importância social frente à sociedade brasileira e ao mundo.

Conselheiros do CAU/BR e presidentes dos CAU/UF ouviram um relato sobre os preparativos para o UIA.2020.RIO durante a 26ª Reunião Plenária Ampliada do CAU/BR, realizada em Brasília no dia 17 de agosto.

Estrutura de organização, espaços para eventos e eixos de discussão foram apresentados ao CAU pelos arquitetos Sérgio Magalhães, presidente do Comitê Executivo do evento; Anderson Fioreti, diretor-executivo do Comitê Executivo; e Nivaldo Andrade, presidente do IAB.

“Estamos muito convictos que o UIA.2020.RIO tem condições de de se desenvolver como um instrumento de valorização da da Arquitetura em diálogo muito firme com a sociedade”, afirmou Sérgio Magalhães.

Nós buscamos no Rio de Janeiro um laboratório vivo onde se pode conversar sobre todas as questões decorrentes das desigualdades sociais, diferenças que criam problemas na maior parte do planeta, disse o arquiteto Roberto Simon, vice-presidente da UIA para as Américas e também ouvidor-geral do CAU/BR.

Museu de Arte Moderna será um dos palcos do UIA.RIO.2020

O Congresso Mundial de Arquitetos será realizado no Centro do Rio, tendo como espaço principal a Marina da Glória, que sediará a “Arena Todos os Mundos”, com o auditório principal com capacidade para 7.500 pessoas e a Feira Mundial, com capacidade para 1.800 pessoas.

O Museu de Arte Moderna, projetado por Affonso Eduardo Reidy, e o Aterro do Flamengo, com paisagismo de Burle Marx, também vão compor essa estrutura central.

O UIA.2020.RIO vai também usar outros sítios históricos do Rio de Janeiro, como o Palácio Capanema de Lúcio Costa e equipe, os Galpões do Porto Maravilha, o Museu do Amanhã de Santiago Calatrava, a Praça XV, o Museu Histórico Nacional e o Paço Imperial, entre outros. “Arquitetura do Rio é um apelo importante para os arquitetos estrangeiros e temos que aproveitar isso”, afirmou o presidente do IAB, Nivaldo Andrade.

O arquiteto Sérgio Magalhães também deixou claro que a realização do UIA.2020.RIO se guiará por uma série de diretrizes verdes dadas pela UIA, como a utilização de infraestrutura reutilizável; fazer a gestão de resíduos e promover plantio de mudas e conscientização da comunidade.

Paulo Mendes da Rocha é o presidente da Comissão de Honra da UIA.RIO.2020

COMISSÃO DE HONRA E EIXOS TEMÁTICOS

O IAB também apresentou ao CAU/BR e aos CAU/UF os membros da Comissão de Honra da UIA.2020.RIO, que reúne pessoas de destaque na sociedade para ajudar na promoção e divulgação do evento.

Já estão confirmados como membros os arquitetos Paulo Mendes da Rocha (vencedor do Prêmio Priztker), Jaime Lerner (ex-presidente da UIA), o cantor Gilberto Gil (ex-ministro da Cultura) e a editora Marisa Moreira Salles (jurada da Bienal de Veneza 2016 e criadora do site ArqFuturo).

Os quatro eixos temáticos definidos do Congresso Mundial de Arquitetos vão guiar os debates e palestras que acontecerão no evento pretendem refletir a diversidade cultural, econômica e arquitetônica.

No eixo “Diversidade e Mistura”, os debates pretendem reconhecer e construir o que é comum nas várias experiências internacionais.

O eixo “Mudanças e Emergência”, serão debatidos a emergência de um “novo arquiteto”, as mudanças climáticas e as mudanças tecnológicas.

Já o eixo “Fragilidades e Desigualdades” vai tratar dos mundos urbanos, da periferia, da conexão e da participação popular na Arquitetura. “Transitoriedades e Fluxos” trará debates sobre mobilidade internacional, migrações e Arquitetura Efêmera para desastres ambientais.

O Comitê Científico do UIA.2020.RIO será composto pelos arquitetos Nivaldo de Andrade, Bete França, Margareth Pereira, Ruth Verde Zein, Thiago de Andrade, Zeca Brandão e Vinícius Andrade.

PRÓXIMOS PASSOS

Na próxima terça-feira, dia 21 de agosto, o Congresso Mundial de Arquitetos voltará a ser discutido na reunião do Colegiado das Entidades Nacionais de Arquitetos e Urbanistas (CEAU), que reúne o IAB, FNA, AsBEA, ABEA, ABAP e FeNEA.

O presidente do CAU/BR, Luciano Guimarães, vai levar ao presidente da UIA, Thomas Vonier, a intenção de todos os presidentes e conselheiros do CAU/BR e dos CAU/UF de se integrar à tarefa de construir o UIA.2020.RIO.

Veja aqui o site oficial do UIA.2020.RIO.

Deixe seu comentário

Comentário

UIA.RIO.2020: Como será o Congresso Mundial de Arquitetos no Rio de Janeiro
Avalie este post

Compartilhe

Deixe um comentário

avatar

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Subscribe  
Notify of