O cantinho pode até ser alugado, mas tem como ficar a sua cara!


Todo mundo quer um cantinho pra chamar de seu, seja ele alugado ou próprio. Nas residências e apartamentos próprios, a gente pode pintar e bordar, derrubar parede, trocar aquele piso que já não é tão moderno assim.

Mas em casas e apartamentos alugados, nem sempre podemos mudar o lugar pra dar uma renovada, e fazer com que ele se pareça com a gente. A solução? Aposte nos móveis e decorações, tapetes, cortinas, e tudo mais que seja fácil de arrumar na hora de entregar o imóvel ao dono.

Aqui apostamos num toque bem vintage com ares de cidade grande, e que vem sendo o queridinho na hora de decorar. Vamos às dicas?

Quando você aluga uma casa e não pode fazer alterações permanentes, como remover o piso, a saída é cobrir o chão tanto quanto possível, com tapetes de juta ou imitação, ou até mesmo tapetes de pelo alto. Hoje podemos encontrar tapetes enormes e muitas vezes pode-se fazer um pedido sob medida, do tamanho necessário pra fechar  chão. A mesa de cozinha e cadeiras deram um ar família na sala, já que hoje os móveis quando feitos sob medida, normalmente são feitos para duas, no máximo três pessoas. Quanto menos móveis no ambiente, mais leve e arejado ele ficará.

Pintar as paredes é outra saída pra deixar o ambiente do jeito que você gosta, e hoje é tão prático e as tintas secam cada vez mais rápido, que dá pra arriscar pintar a sala sem mão de obra especializada, garantindo ainda uma economia nos gastos. O toque especial ficou por conta do quadro e do lustre.

Esta prateleira é tão básica e cabe em qualquer canto. O tapete colorido é do mercado mundial. Os vasos de flores são vintage, e podemos encontrar flores de diversos materiais, formas e cores, uma brincadeira divertida e que pode deixar a sala, toda semana com um colorido diferente. A pintura é de Gran Via de Madrid. Um idéia bem legal também, é juntar porta retratos banhados em bronze, com fotografias de viagens, cartões postais, e até mesmo, aquelas fotografias antigas, de quando se é criança, trazendo boas lembranças do passado.

O espaço enorme sobre a TV foi usado para criar uma galeria de parede. As fotos podem ser de viagens, ou festas com os amigos. O cisnes de bronze e o  jarro na estante são todos os itens antigos que se encontram em lojas que vendem velharias, mas que fazem uma grande diferença quando usadas com objetos mais modernos. Em cima da estante é um vintage Mahjong. A estante é de Crate and Barrel.

Um sofá de couro marrom, e um abajur alto do lado, fazem a sua diferença.

Espelhos com moldura em bronze também remetem ao vintage, sem falar que, amplia o ambiente, e todo mundo adora um espelho pra se olhar. Detalhe também para as almofadas.

Vasos em vidro com plantinhas delicadas, ou até mesmo um abacaxi, pra dar um toque verde na casa.

Esta prateleira da cozinha pode ser encontrada a preço de banana, e é perfeito para manter tachos e panelas visíveis e ainda deixar tudo organizado. Os decantadores de vidro são vintage.

E lá vem o espelho com moldura de bronze de novo, juntamente com os abajures laterais. Não tem como não amar.

Móveis antigos restaurados são tudo, no sentido literal da palavra. Nos relembram a casa das nossas avós, e dão um charme ao quarto. Quanto mais com cara de velhinhos e gastos, melhor.

As almofadas foram feitas à mão, são da Tailândia e totalmente cara de anos 80, e quebram o ar sério do sofá de couro.

Fonte:Design Sponge

Quer mais dicas, reportagens, ou quer dar uma sugestão de post? Entre em contato conosco. Nós vamos adorar trocar figurinhas.

Deixe seu comentário

comentários

O cantinho pode até ser alugado, mas tem como ficar a sua cara!
Avalie este post

Ana Paula Figueiredo

Ana Paula Figueiredo

Desenvolvedora de Conteúdo, Gerente e Social Media da Be Sense Media.

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebook

Previous 7 pontos de ônibus projetados por arquitetos renomados
Next Cortina Especial - Rolô, é de se apaixonar!

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *