A SPACE10 e arquitetos da Mads-Ulrik Husum e Sine Lindholm co-criaram um pavilhão
multi-sensorial para as pessoas cheirarem, degustarem e desfrutarem.

Com The Growroom, queremos desencadear conversas sobre como podemos trazer a natureza de volta para nossas cidades, cultivar nossa própria comida e enfrentar a crescente demanda de alimentos significativa no futuro.

Nós imaginamos um futuro onde começamos a cultivar muito mais alimento dentro de nossas cidades. Em sistemas completos de auto-sustentação ecológicos, que nos fornecem alimentos frescos da mais alta qualidade. Durante todo o ano. Alimentos que saboreamos melhor, são mais saudáveis ​​para nós, mais nutricionais e não colocam uma pressão maciça sobre nossos suprimentos de água doce e nosso ambiente.

Cheio de ervas, vegetais e plantas comestíveis do chão ao teto, The Growroom é uma exploração artística do incrível potencial da agricultura urbana.

“No SPACE10, imaginamos um futuro onde cultivamos muito mais comida dentro de nossas cidades. A arquitetura de produção de alimentos poderia nos permitir fazê-lo. “- Carla Cammilla Hjort, Diretora do SPACE10

The Growroom foi exibido primeiro no CHART ART FAIR e mais tarde no Munchies Festival de Copenhague.

Os visitantes foram convidados a entrar na fazenda, cheirar a abundância de ervas e plantas e saborear um futuro onde a comida é produzida de forma sustentável – muito mais próxima do consumo – dentro de nossas cidades e como parte natural da vida das pessoas.

O The Growroom da SPACE10 é criado em conjunto com os arquitetos Mads-Ulrik Husum e Sine Lindholm, o designer de interação Thomas Sandahl Christensen e o jardineiro Sebastian Dragelykke. Joakim Rex do SPACE10, Kevin Curran, Kaave Pour e Carla Cammilla Hjort. Palavras de Simon Caspersen e Cecilie Hjermind. Apoiado por Raaschou e Tradium.

Fonte: The Farm

Deixe seu comentário

comentários

The Growroom – arquitetura de produção de alimentos
5 (100%) 1 votos