Ar-condicionado de janela ou Split: qual é o mais econômico?


Prédio com ar-condicionado

Nestes dias de calor é muito refrescante entrar em casa ou no escritório e ligar o ar-condicionado, não é?

Mas, além de aproveitar um ambiente mais fresco, também é essencial saber qual modelo é o mais econômico: ar-condicionado de janela ou Split.

Antes de entendermos qual consome menos energia e onde é melhor instalar um ou outro, vamos descobrir a definição de cada modelo. O ar-condicionado de janela (também chamado janeleiro, de parede ou ACJ) é instalado diretamente em um buraco na parede e é composto por um módulo só. Já o ar-condicionado Split é aquele onde a condensadora fica do lado de fora do ambiente e a evaporadora fica no interior, por isso o nome “Split” (separado, em inglês).

Saber escolher o modelo mais adequado para sua casa, escritório ou comércio pode significar muitas vantagens, tanto em refrigeração como pelo aspecto financeiro, já que aparelhos de ar-condicionado 110v podem ter potência de 7 mil a 60 mil BTU’s (British Thermal Unit = Unidade Térmica Britânica).

Inicialmente, você deve saber o tamanho do cômodo onde o aparelho está instalado, quantas pessoas ficarão naquele ambiente e se há fonte geradora de calor no local, pois tudo isso influencia no desempenho do ar-condicionado. Por exemplo, um aparelho de 7 mil BTU’s consegue refrigerar uma área de aproximadamente 10 m².

Também é importante observar a existência de selos de verificação do Inmetro e do Procel, porque ele atestam a qualidade e o baixo consumo do produto.

Qual o mais econômico?

O ar-condicionado Split é, geralmente, 40% mais econômico do que o modelo de janela, inclusive se compararmos modelos com a mesma potência. Por exemplo, um ar-condicionado Split de 7 mil BTU’s que permaneça ligado por oitos horas/dia terá um custo de mais ou menos R$40/mês, já um modelo de janela com a mesma potência e funcionando no mesmo intervalo de tempo, gastará no final do mês cerca de R$46. A diferença está no consumo de 639 kW/h para 700 kW/h.

A dica é escolher o modelo que apresente o melhor custo-benefício, ou seja, aquele ar-condicionado que consiga refrigerar de maneira eficaz e que não pese em seu orçamento mensal.

Escolher o ar-condicionado Split ou de janela?

Agora vamos conhecer as principais vantagens de cada um antes de comprar o modelo ideal.

Ar-condicionado de janela
Ar-condicionado de Janela

O ar-condicionado de janela, em comparação ao modelo Split, é bem mais prático para quem irá instalar. O motivo? Ele é composto por somente um módulo e é fixado diretamente na parede ou no lugar da própria janela, bastando ligar na tomada e pronto. Seu preço inicial é mais em conta do que o modelo Split, mas, como já vimos, tem um custo/mês superior e também é um equipamento mais barulhento. Este tipo de aparelho é mais indicado para ambientes pequenos e que não tenham restrições de ruídos.

 

Ar-Condicionado Split
Ar-condicionado Split

Em relação ao ar-condicionado Split, trata-se de um equipamento mais silencioso, moderno e econômico, porém, também é um aparelho mais difícil de instalar, precisando de um profissional especializado, e com preço inicial superior. Ele é composto de duas unidades que ficam em locais separados na casa, loja ou escritório: a condensadora, que faz mais barulho e funciona para resfriar o ar, fica do lado de fora do ambiente, já na parte interna, a evaporadora, que não faz ruídos, distribui o ar já condicionado com muita eficácia. Estas partes são interligadas por meio de tubulações de alta resistência, normalmente de cobre, de fora para dentro. O Split é mais indicado para espaços grandes.

Vale lembrar que a manutenção do ar-condicionado deve ser periódica. A cada mês é necessário retirar o filtro de ar e lavá-lo em água corrente, sem adição de produtos químicos. Mas, em locais com muita poluição ou com animais de estimação, a limpeza deve ser feita com mais frequência.

Fonte: Resende Ar Condicionado

Deixe seu comentário

Comentário

Ar-condicionado de janela ou Split: qual é o mais econômico?
4 (80%) 5 votoss

Compartilhe